Você está aqui: Entrada Notícias Arquivo de Notícias 2014 Outubro Portugal e o Centenário da I Guerra Mundial

Portugal e o Centenário da I Guerra Mundial

O programa Portugal 1914-1918, promovido pelo Instituto de História Contemporânea (IHC), unidade de investigação da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, em parceria com várias instituições, abre a possibilidade à população em geral de envio de conteúdos alusivos à Primeira Guerra Mundial para o endereço memoriasguerra@portugal1914.org Com esta iniciativa pretende-se sensibilizar a população para a importância da memória e da sua preservação procurando a participação direta de todos os cidadãos para recordar e conhecer melhor a história da Primeira Guerra Mundial em Portugal.

 

A iniciativa do IHC insere-se no programa do Centenário da Grande Guerra focando, em particular, a participação portuguesa e o impacto que esse primeiro conflito mundial teve em Portugal.
O programa Portugal 1914-1918 compreende três projetos principais:
O portal Portugal1914 em www.portugal1914.org , que disponibiliza em acesso livre e aberto toda a informação e documentos sobre a história.
O projeto Memórias da I Guerra Mundial em http://www.facebook.com/memoriasdaguerra , que pretende conhecer e contar a história dos soldados que foram para a Guerra e os seus percursos, dos familiares e de todos que ficaram e sofreram os impactos da Guerra.
Dias de Memória, uma atividade destinada a recolher testemunhos, conhecer histórias, peças ou documentos sobre a participação portuguesa na Primeira Guerra Mundial. Durante três dias, 17 a 19 de outubro, o Palácio de São Bento vai abrir as portas para fazer o registo – em vídeo, áudio ou imagem – do testemunho de familiares ou de objetos relacionados com a Primeira Guerra. O IHC convida todos a partilhar fotografias, postais, cartas, medalhas, diários, mapas, testemunhos gravados de combatentes, uma granada espoletada, um kit de sobrevivência, uma farda, ou qualquer recordação.
Este programa pretende recordar os soldados que partiram, as suas famílias e todos quantos ficaram e sofreram o impacto da Guerra, promovendo o estudo e a divulgação da história da participação na Guerra.
A I Guerra Mundial representou um momento determinante, constituindo uma rutura profunda no percurso da história contemporânea europeia e mundial, cujos efeitos fraturantes e duradouros envolveram, marcaram e determinaram muito significativamente a História de Portugal afetando diretamente o país inteiro e a população portuguesa.
Entre 1914 e 1918 partiram para a Guerra mais de 100 000 soldados portugueses, provenientes de todo o país, combatendo em África, lutaram na Flandres, e morreram cerca de 8 mil homens, outros tantos ficaram feridos; 6 mil ficaram desaparecidos e mais de 7 mil foram feitos prisioneiros.
INSTITUTO DE HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS
Universidade Nova de Lisboa
Av. Berna, 26 C
1069-061 LISBOA
Tel.: (00351) 21 790 83 00
Fax.: (00351) 21 790 83 08

A iniciativa do IHC insere-se no programa do Centenário da Grande Guerra focando, em particular, a participação portuguesa e o impacto que esse primeiro conflito mundial teve em Portugal.

O programa Portugal 1914-1918 compreende três projetos principais:

  • O portal Portugal1914 em www.portugal1914.org , que disponibiliza em acesso livre e aberto toda a informação e documentos sobre a história.
  • O projeto Memórias da I Guerra Mundial em  http://www.facebook.com/memoriasdaguerra , que pretende conhecer e contar a história dos soldados que foram para a Guerra e os seus percursos, dos familiares e de todos que ficaram e sofreram os impactos da Guerra.
  • Dias de Memória, uma atividade destinada a recolher testemunhos, conhecer histórias, peças ou documentos sobre a participação portuguesa na Primeira Guerra Mundial. Durante três dias, 17 a 19 de outubro, o Palácio de São Bento vai abrir as portas para fazer o registo – em vídeo, áudio ou imagem – do testemunho de familiares ou de objetos relacionados com a Primeira Guerra. O IHC convida todos a partilhar fotografias, postais, cartas, medalhas, diários, mapas, testemunhos gravados de combatentes, uma granada espoletada, um kit de sobrevivência, uma farda, ou qualquer recordação.
  • Este programa pretende recordar os soldados que partiram, as suas famílias e todos quantos ficaram e sofreram o impacto da Guerra, promovendo o estudo e a divulgação da história da participação na Guerra.

A I Guerra Mundial representou um momento determinante, constituindo uma rutura profunda no percurso da história contemporânea europeia e mundial, cujos efeitos fraturantes e duradouros envolveram, marcaram e determinaram muito significativamente a História de Portugal afetando diretamente o país inteiro e a população portuguesa.

Entre 1914 e 1918 partiram para a Guerra mais de 100 000 soldados portugueses, provenientes de todo o país, combatendo em África, lutaram na Flandres, e morreram cerca de 8 mil homens, outros tantos ficaram feridos; 6 mil ficaram desaparecidos e mais de 7 mil foram feitos prisioneiros. 

INSTITUTO DE HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS

Universidade Nova de Lisboa

Av. Berna, 26 C

1069-061 LISBOA

Tel.: (00351) 21 790 83 00

Fax.: (00351) 21 790 83 08

 

classificado em: